quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

O Calendário da Pirelli e a Nostalgia de Fim de Ano

Décadas de 1970 e 1980.
O carburador do Fiat 147 Rally branco (meu primeiro carro) dava problema.
Platinado, velas...
O sujeito ia naquela oficina do bairro resolver a questão.
Na oficina, cheiro de graxa, nas paredes, graxa.
O Voyage (meu segundo carro) furava o pneu. Terceira vez no mês. Vamos lá na borracharia do bairro.
Na borracharia, cheiro de borracha. Nas paredes, graxa.
Nos dois casos, coisas em comum: escurecimento das paredes pelo gás carbônico e um local que era um oásis: pendurado na parede, em destaque, tamanho grande, limpinho, o calendário anual da Pirelli, com suas beldades devidamente despidas em fotos artísticas registradas pelos mais feras de cada época.
O tempo passou, os automóveis agora frequentam as assépticas oficinas das concessionárias e os pneus quase não furam mais.
Oficinas de bairro e borracharias sobrevivem graças aos carros mais antigos, mesmo assim tornam-se cada vez mais raras.
E, entrando na onda do politicamente correto, não exibem mais os calendários Pirelli, que agora também se comportou, ficou chic e é coisa de gente fina.
Chegamos em 2015 e um dos lançamentos mais comemorados deste ano que se encerra foi o livro "Pirelli - The Calendar: 50 Years And More" da respeitada editora de arte alemã Taschen (edição de luxo a R$ 3.000,00!).
O extenso volume traz todas as 50 edições do famoso calendário mais cenas de bastidores das fotos, bem como imagens não publicadas por serem muito "picantes" para a época.
Quem diria, o calendário Pirelli foi parar na Taschen! 
Legal essa virada artística, releitura estética.
Mas, não sei bem porque, me deu saudades daqueles tempos do calendário na parede da oficina onde eu ia com meu Voyage 1982, verde claro.
Nostalgia de fim de ano.
Feliz Ano Novo!

2 comentários:

  1. Muito bom.
    Me lembro desses tempos... boa recordação. O tempo tá muito veloz, as coisas mudam...
    Que pena!

    ResponderExcluir
  2. Aí Marquinho, sempre dando seu recado de forma inesperada. Muito boa!
    Sugestão: uma segunda crônica com fotos selecionadas e comentadas por você. Um the best of dos calendários Pirelli!
    Vou aguardar!!!

    ResponderExcluir